©
Somos escritores de nossas próprias histórias. Responsáveis por cada parágrafo de nossas vidas. Escrevemos os diálogos e as reflexões diariamente como quem se dedica integralmente à uma nova obra. Cada dia é uma página. Cada ano, uma nova edição. Somos os responsáveis por tudo o que acontece durante cada capítulo: o título, as palavras e os erros gramaticais. Por mais que às vezes tenhamos vontade de deixar a escrita de lado, no caso da nossa auto biografia, isso é impossível. Ninguém mais pode redigi-la e nem mudá-la, a não ser nós mesmos. É tarefa nossa corrigir a grafia, surpreender o leitor e fazer de nossa história o conto que gostaríamos de ouvir. Não se pode jogar a responsabilidade das mudanças e desejos sobre o mês que vem vindo ou o ano que está para chegar. A história muda, se nós mudarmos antes. Não importa quanto tempo passe, quantas ondas pulamos na praia e nem as cores usadas na tão esperada passagem do ano. Se o nosso interior não se renova, o próximo capítulo será igual ao último. Podem mudar os fatos, mas a maneira como lidamos com estes continuará a mesma. Por isso, não espere que a vida, do dia para a noite, passe a sorrir para você. Sorria você! Talvez assim ela retribua.